Presidente do PASI Fala Sobre 2016 | | Velseg Seguros

É fato inquestionável que o Brasil passa no momento por uma de suas maiores crises política e econômica, refletindo negativamente nos indicadores sociais por todas as regiões do país.

Estamos há mais de 26 anos nos esforçando e acreditando que nosso modelo de negócio poderá ser responsável por uma gigantesca onda de inclusão social. Representamos uma engrenagem contendo um núcleo de inteligência, contando com profissionais comprometidos no desenvolvimento e dinâmica, que avança na direção de uma importantíssima rede de relacionamento que envolve forças e que, de forma direta ou indireta, acabam gerando inúmeras frentes de trabalho que interagem com propósitos sociais e econômicos. Contamos com profissionais vinculadas a seguradoras, corretores de seguros, entidades de diversas classes e atividades produtivas, patronais e laborais, empresas e empregados e seus agregados diretos.

É com esta iniciativa histórica e inovadora no mercado que estamos constituindo uma cadeia de valores, com equilíbrio técnico, comercial e operacional, alinhados à nossa responsabilidade empresarial e institucional, desenvolvidos ao longo dos anos, dentro de um ambiente de plena sustentabilidade. Embora tenhamos crescido ao firmar novas alianças com entidades de classe, somos cônscios que temos muito que avançar dentro deste imenso mercado gerado dentro de nosso modelo de negócio.

Este é um grande e oportuno momento para novas implantações do PASI, uma vez que, a economia brasileira abre espaços para que haja negociações trabalhistas com peso maior nas cláusulas sociais. Com valores muito pequenos as empresas poderão adotar e ampliar benefícios vinculados ao seguro de vida e acidentes em grupo, através das Convenções Coletivas de Trabalho – CCTs.

Com maior sensibilidade das partes nas negociações e implantação do seguro nas CCTs, com esta grande expansão todos ganham, as entidades e empresários que estão cumprindo uma função social com baixíssimo investimento, os trabalhadores que recebem um benefício importantíssimo quanto à proteção e segurança familiar em troca de eventuais perdas financeiras no salário, os corretores de seguros que poderão crescer suas carteiras de clientes e a instituição seguros que está desempenhando sua importante função social.

Seguimos então em frente acreditando em nossas expectativas de que em 2016 poderemos comemorar um ano de novas conquistas e grandes avanços sociais, econômicos e, principalmente, em nossa função institucional. Peço que Deus nos dê sabedoria e forças para continuar com esta nobre missão que é o PASI.

Alaor Silva Junior
Presidente do Clube PASI de Seguros

Matéria na integra: http://pasi.com.br/plus/modulos/noticias/ler.php?cdnoticia=29

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Please Do the Math